Diretor da OMS entra em quarentena preventiva devido à covid-19

1 min de leitura
Imagem de: Diretor da OMS entra em quarentena preventiva devido à covid-19
Imagem: https://pixabay.com/pt/illustrations/conex%C3%A3o-covid-19-coronav%C3%ADrus-v%C3%ADrus-4884862/
Avatar do autor

O diretor da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, publicou um tuíte neste domingo (01), informando que entrou em quarentena voluntária, após ser identificado como contato de um paciente que testou positivo para a covid-19. Tedros disse que se sente bem, e que não apresenta nenhum sintoma da doença, mas ficará isolado nos próximos dias por questões de precaução.

“Fui identificado como um contato de alguém que testou positivo para a #COVID19”, publicou ele em sua conta no Twitter. O executivo deverá trabalhar de casa pelas próximas duas semanas, no mínimo, como medida de segurança. Caso tenha sido infectado, a conduta impedirá que o vírus seja repassado a terceiros.

Tedros Adhanom, diretor geral da OMS.Tedros Adhanom, diretor geral da OMS.Fonte:  Reuters/Denis Balibouse/Reprodução 

Portugal vai decretar estado de emergência

Enquanto isso, Portugal deve decretar estado de emergência nos próximos dias, para ter os instrumentos legais que possibilitarão a retomada de medidas mais restritivas a fim de frear a segunda onda de infecção por covid-19.

No sábado (30), o governo do país anunciou que mais de sete milhões de cidadãos (aproximadamente 70% da população), vão voltar ao confinamento a partir de quarta-feira (04), permanecendo assim durante pelo menos duas semanas.

Esse confinamento será menos rígido que o adotado no início da pandemia, e vai permitir que alguns estabelecimentos continuem funcionando, porém, com horário reduzido.

Diretor da OMS entra em quarentena preventiva devido à covid-19