Telescópio Hubble registra 'tromba d'água' cósmica em imagem

1 min de leitura
Imagem de: Telescópio Hubble registra 'tromba d'água' cósmica em imagem
Imagem: NASA
Avatar do autor

A Agência Espacial Norte Americana (NASA), em parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA), divulgou nesta segunda-feira (19) uma impressionante imagem de uma "tromba d'água" cósmica. O fenômeno, capturado pelo Telescópio Espacial Hubble, se dá pela atração gravitacional entre o centro de duas galáxias, indicando a presença de um buraco negro.

Imagem capturada pelo Telescópio Hubble. (Fonte: ESA/Hubble & NASA, SDSS, J. Dalcanton / Divulgação)Imagem capturada pelo Telescópio Hubble. (Fonte: ESA/Hubble & NASA, SDSS, J. Dalcanton / Divulgação)Fonte:  ESA/Hubble & NASA, SDSS, J. Dalcanton 

À esquerda, é possível ver a galáxia NGC 2799 sendo atraída para o centro da galáxia NCG 2798, no lado direito. O evento prenuncia a união entre as duas galáxias em uma só, que deve demorar milhões de anos para ocorrer. Ele também aponta, em acordo com pesquisas anteriores, a existência de buracos negros no centro de galáxias interativas, que podem se unir, tornando-se maiores e mais poderosos.

Para a Via Láctea, galáxia que abriga a Terra, os cientistas teorizam uma possível união com a Galáxia de Andrômeda, que se aproxima a 110 km/s. Contudo, apesar da imensa velocidade, o evento só deve ocorrer daqui 4.5 bilhões de anos, segundo estudos. Felizmente, o amplo espaço entre as estrelas nas galáxias permite que o processo de união seja sutil e pouco violento, com os corpos celestes apenas passando lado a lado.

Telescópio Hubble registra 'tromba d'água' cósmica em imagem