(Fonte da imagem: Thinkstock)

Por que uma pessoa tem muitos amigos e outra só tem um ou dois? Ao que foi descoberto em uma pesquisa recente, publicada no periódico Proceedings of the Royal Society, não é só a personalidade e temperamento de uma pessoa que define a sua popularidade, e sim uma região específica do cérebro.

Segundo um estudo, realizado em 2011 pelas universidades de Oxford e de Manchester, no Reino Unido, é o tamanho do córtex pré-frontal orbital (região do cérebro localizada acima dos olhos) que determina se alguém é popular e tem ou não mais facilidade em suas relações sociais. Quem possui essa área com um tamanho maior consegue estabelecer mais vínculos sociais com outras pessoas. 

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores escanearam o cérebro de 40 voluntários para medir o tamanho do córtex pré-frontal (região responsável por planejamento de ações e pensamento abstrato). Feito isso, os participantes foram questionados sobre seus eventos sociais da semana anterior à pesquisa, sendo também submetidos a testes de mentalização.

“Descobrimos que as pessoas que tinham mais amigos obtiveram resultados melhores nos testes de mentalização e possuíam uma quantidade maior de neurônios no córtex pré-frontal orbital”, diz Robin Dunbar, um dos líderes da pesquisa e professor da Universidade de Oxford. O fato elucidou os cientistas sobre novas teorias a respeito dos mecanismos que levaram os humanos a desenvolver cérebros maiores do que de outras espécies.

Via TodaEla

Cupons de desconto TecMundo: