Fernando de Noronha reabre para turistas que já tiveram covid-19

1 min de leitura
Imagem de: Fernando de Noronha reabre para turistas que já tiveram covid-19
Avatar do autor

A administração de Fernando de Noronha e o governo de Pernambuco autorizaram a retomada gradual das atividades turísticas do arquipélago com a visita de viajantes que já tiveram covid-19 e foram curados. Anunciada na última quarta-feira (27), a liberação faz parte da oitava etapa do Plano de Convivência com a doença e começou a valer ontem (1º).

Pessoas que têm interesse em visitar o local devem apresentar às autoridades exames que indiquem a presença de anticorpos contra a covid-19. Serão aceitos resultados do teste molecular (RT-PCR) realizado há mais de 20 dias e do exame sorológico (IgG) feito pelo menos 90 dias antes da data de embarque.

Os testes devem ser compartilhados durante o pagamento da Taxa de Preservação Ambiental (TPA), que atualmente só pode ser feito online até 72 horas antes da viagem. Para ter a entrada aprovada pelas autoridades, o turista precisa enviar o resultado do exame e o recibo de pagamento.

Críticas à medida

a  Nelson Ricciardi/Reprodução 

As visitações a Fernando de Noronha foram proibidas em março na tentativa de evitar transmissões de covid-19 na região. Isso causou impactos notáveis no distrito pernambucano, que tem o turismo como um importante pilar financeiro.

A decisão de reabertura, no entanto, divide opiniões. Algumas pesquisas indicam que pacientes recuperados adquirem forte imunidade contra a doença, outras afirmam que a defesa é temporária, e alguns especialistas duvidam até mesmo que o organismo crie qualquer tipo de proteção realmente eficaz.

Casos de reinfecção são confirmados

Apesar da dúvida, Equador, Estados Unidos e China já registraram casos de reinfecção, o que pode indicar o caráter temporário da imunidade, tornando arriscada a decisão de reabertura do arquipélago. 

Vale lembrar que em 26 de agosto o Ministério da Saúde negou a ocorrência desses casos no Brasil; no entanto, devido à grande subnotificação no país, é possível que as reinfecções já estejam ocorrendo por aqui.

Fontes

Fernando de Noronha reabre para turistas que já tiveram covid-19