Como seria viajar próximo da velocidade da luz? NASA explica em 'guia'

1 min de leitura
Imagem de: Como seria viajar próximo da velocidade da luz? NASA explica em 'guia'
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Na semana passada, a NASA divulgou uma animação que traz informações, de um jeito didático e bem-humorado, sobre como seria viajar próximo da velocidade da luz. Nela, conceitos avançados, como relatividade espacial e escalas incompreensíveis do Universo, são exibidos em formato de desenho animado, o que torna os dados acessíveis a todos os públicos.

Ainda que não se aprofunde em detalhes científicos, tornando inviável a resolução de um cálculo físico complicado a partir do vídeo, por exemplo, trata-se de um conteúdo educacional que pode ajudar até crianças a entenderem diversos fatos capazes de dar um nó na cabeça de adultos – como a dilatação do tempo, fenômeno que faria com que supostos aventureiros envelhecessem mais devagar que um observador que ficasse em casa.

Destruindo algumas ideias que a ficção científica acabou estabelecendo no imaginário popular, o desenho também desmistifica a noção de que seria possível chegar instantaneamente a qualquer destino, mencionando que, mesmo viajando a 90% da velocidade da luz, algo bem difícil de se atingir inclusive por estrelas, seriam necessários, ao menos, nove meses para que qualquer um chegasse aos limites da Via Láctea.

Fontes

Como seria viajar próximo da velocidade da luz? NASA explica em 'guia'