Se você cometeu um crime e a polícia não faz ideia de que você está envolvido, temos uma péssima notícia para dar. Cientistas da Erasmus University Medical Centre (Holanda) criaram uma tecnologia chamada IrisPlex, capaz de utilizar pequenas amostras de DNA para afirmar com 94% de precisão qual a cor dos olhos da pessoa portadora daquele código genético.

Segundo a revista New Scientist, para a identificação são utilizados nucleotídeos polimórficos simples (regiões do DNA), que estão fortemente ligados à cor dos olhos. Os resultados podem apontar para apenas três opções: azul, castanho ou indefinido. Neste terceiro caso, estão inclusos os olhos verdes, cinzas e cores mistas.

A principal utilização da tecnologia será em casos em que o código genético encontrado no local do crime não for suficiente para análises completas. Com a definição da cor dos olhos, uma filtragem pode descartar suspeitos e até mesmo encontrar o verdadeiro autor. A polícia da Holanda ainda não utiliza o IrisPlex, mas os britânicos já começaram a realizar testes com o sistema.

Cupons de desconto TecMundo: