Pode até parecer devaneio de um personagem do cinema que está tentando a qualquer custo se tornar um ser imortal, mas duas pesquisas distintas em andamento têm como objetivo uma tarefa extremamente difícil: descobrir o segredo da imortalidade.

Em linhas gerais, o ser humano morre devido ao envelhecimento das células ou à falência dos órgãos. Sendo assim, o que aconteceria se pudéssemos cessar o envelhecimento e substituir os órgãos antes que ambos possam comprometer a nossa saúde?

Aubrey de Grey, pesquisador da Universidade de Cambridge, conseguiu isolar uma enzima de uma bactéria, mantendo-as sufocadas e impedindo que elas morram. Grey acredita que o processo possa ser realizado nas células humanas, desde que a mesma enzima seja isolada.

Já o geneticista molecular Bill Andrews descobriu um suplemento que mantém os telômeros, espécie de faixas de DNA no final dos cromossomos, menores. Graças a isso, o pesquisador acredita que possa controlar a deterioração das células, revertendo o processo de envelhecimento. Será que algum deles conseguirá ser bem-sucedido em suas pesquisas?

Cupons de desconto TecMundo: