(Fonte da imagem: Reprodução/Dvice)

Quando sentimos dor em algum músculo, é comum que utilizemos compressas de gelo para melhorar. Pensando nisso, pesquisadores do Instituto Nacional Francês de Esportes pensaram que, talvez se esportistas fossem colocados em câmaras de baixíssimas temperaturas após as atividades físicas, os resultados pudessem ser intensificados. E de fato são.

Vários testes foram feitos com atletas, que após atividades físicas foram colocados em câmaras criogênicas resfriadas com nitrogênio líquido. Em temperaturas de cerca de 110 graus célsius negativos, foi relatado que a recuperação dos músculos conseguiu ser realizada 20 vezes mais rapidamente.

Para entrar na câmara, os pacientes ficam apenas com roupas de baixo, sapatilhas, luvas e protetores de orelha, para evitar que as extremidades congelem e gangrenem devido às temperaturas baixas. Segundo o Instituto Nacional Francês de Esportes, os testes têm sido promissores e nenhum paciente sofreu danos à saúde até agora. 

Cupons de desconto TecMundo: