Asteroide do tamanho de um carro passa perto da Terra nesta terça

1 min de leitura
Imagem de: Asteroide do tamanho de um carro passa perto da Terra nesta terça
Imagem: NASA/Reprodução
Avatar do autor

Nesta terça-feira (28), um asteroide do tamanho de um carro passou bem perto da Terra, a uma distância de aproximadamente 41,5 mil km, segundo a NASA, na mesma faixa da trajetória de voo de alguns satélites geossíncronos. A aproximação do corpo celeste se deu poucas horas depois da sua descoberta.

Chamado 2020 OY4, o asteroide foi detectado pela primeira vez no domingo (26), por observadores do Mt. Lemmon Survey (MLS), nos Estados Unidos, especializado em encontrar objetos próximos ao planeta. Estima-se que ele tenha entre 2,3 metros e 5,2 metros de diâmetro.

De acordo com as informações da Agência Espacial Europeia (ESA), o 2020 OY4 fez a sua maior aproximação nessa madrugada, passando pela órbita terrestre a uma velocidade de 44,6 mil km/h. Os equipamentos da entidade registraram uma distância ainda menor que a medida pela NASA, chegando a 35,7 mil km.

Na imagem, ele ainda não estava tão "perto" da Terra.Na imagem, ele ainda não estava tão "perto" da Terra.Fonte:  The Virtual Telescope Project/Divulgação 

Algumas horas antes de ele se aproximar, os astrônomos do Virtual Telescope Project capturaram uma imagem sua, a 250 mil km de distância. Ele aparece como o pequeno ponto brilhante na imagem acima, indicado pela seta, enquanto os traços longos representam as estrelas.

Riscos para a Terra?

Sempre que se fala em asteroides passando perto da Terra, muitas pessoas ficam preocupadas em relação à possibilidade de colisão com o planeta, especialmente quando os astros são descobertos em cima da hora.

Mas de acordo com o astrofísico do Virtual Telescope Project Gianluca Masi, a passagem do 2020 OY4 não representou nenhum perigo para a Terra, até mesmo pelo tamanho do asteroide, considerado pequeno para os padrões cósmicos, impedindo até mesmo a sua visualização a olho nu.

Outro detalhe é que aproximações como esta acontecem com uma certa frequência. Em 2019, por exemplo, uma rocha espacial pouco maior que o 2020 OY4 se desfez na atmosfera, antes de atingir a superfície.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Asteroide do tamanho de um carro passa perto da Terra nesta terça