Você já deve ter entrado em alguma sala, cozinha ou qualquer outro cômodo da casa e logo em seguida percebido que não faz ideia do que está fazendo lá. Quase todo mundo passa por isso, mas ninguém jamais conseguiu entender os motivos. Pois a Universidade de Notre Dame (nos Estados Unidos) está desvendando este mistério –ou pelo menos está tentando.

O texto do professor Gabriel Radvansky foi publicado no Quarterly Journal of Experimental Psychology e mostra que passar por portas realmente pode ser a causa para lapsos de memória. Exatamente, quem passa por muitas delas tende a esquecer o que precisavam fazer.

A razão para isso, segundo Gabriel Radvansky, é a o fato de que as portas separam cenários. Quando temos algum pensamento na cabeça, utilizamos o ambiente em que estamos para basear a memória. Ao trocar de cômodo, por exemplo, passamos para um local totalmente novo, que ainda precisa ser desvendado (com isso, os lapsos acontecem). 

Cupons de desconto TecMundo: