Esperança: China zera contágios locais por Coronavírus

1 min de leitura
Imagem de: Esperança: China zera contágios locais por Coronavírus
Imagem: https://pixabay.com/pt/illustrations/coronav%C3%ADrus-coronav%C3%ADrus-covid-19-4923544/
Avatar do autor

De quarta (18) para a quinta-feira (19), a China não registrou nenhum novo caso de contágio local por Coronavírus, o que está sendo comemorado pelas autoridades locais e especialistas em saúde, já que dá esperanças sobre a eficácia das medidas de quarentena adotadas no país asiático, e seguidas em outros países ao redor do mundo.

A China foi o primeiro epicentro de contágio pela Covid-19, fato que está sendo relacionado com casos iniciais de negligência por parte das autoridades, que, para evitar o pânico da população, não tomaram providências a tempo de evitar a pandemia.

O primeiro médico que tentou alertar sobre o risco do novo Coronavírus, ainda em dezembro do ano passado, não foi levado a sério, o que permitiu que o vírus se espalhasse rapidamente pela cidade de Wuhan, forçando o governo chinês a tomar medidas drásticas de restrição à região. O problema é que o vírus já tinha saído de lá. Depois que o médico faleceu, devido à exposição ao Coronavírus, as críticas internacionais sobre a China aumentaram, assim como os casos de xenofobia.

Fonte: Pixabay/ReproduçãoFonte: Pixabay/ReproduçãoFonte:  Pixabay 

Hoje, o maior epicentro de contágio é a Europa, com a Itália liderando o número de infectados e mortos no continente.

Covid-19 ainda não está controlada

Apesar do contágio local ter sido zerado na China, isso não significa que o país não está contabilizando novos casos da doença. Somente na quinta-feira (19), mais 34 novos casos foram confirmados pelas autoridades de saúde, porém entre viajantes.

O dado mostra que controlar o contágio definitivamente vai além da quarentena de populações locais.

De todo modo, em algumas regiões de Hubei, província cuja capital é a cidade de Wuhan, além de cidades como Pequim e Xangai, alguns estabelecimentos já começaram a reabrir, de forma gradual.

Os números do Coronavírus no Brasil e no mundo

Segundo a Universidade Johns Hopkins, nos EUA, o número de infectados em todo o mundo já soma 246.444 casos, com 10.038 mortes. Na China, foram 81.250 infectados e 3.238 mortes.

No momento, a Europa é o lugar mais sensível de contágio. O número de mortos na Itália já chegou a 3.405, superando a própria China. Iran é o terceiro país mais atingido, com 1.284 mortes.

No Brasil, até agora temos 621 casos confirmados e sete mortes, sendo cinco em São Paulo e duas no Rio de Janeiro.

Esperança: China zera contágios locais por Coronavírus