Cientistas de Stanford criam robô inflável capaz de mudar de forma

1 min de leitura
Imagem de: Cientistas de Stanford criam robô inflável capaz de mudar de forma
Imagem: Stanford
Avatar do autor

Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, desenvolveram um robô que combina uma estrutura mecânica clássica com partes moldáveis e infláveis. A criação tem articulações tradicionais de metal, mas o corpo é feito de um material leve, que pode ser transportado dobrado e precisa de ar para expandir.

"A descrição casual desse robô que eu dou para as pessoas é o Baymax, do filme Operação Big Hero, misturado com um Transformers. Em outras palavras, um robô macio, seguro para humanos, misturado com robôs que podem mudar dramaticamente a sua forma", explica o estudante Nathan Usevitch, que faz parte da equipe. Para construir a versão atual, foi necessário combinar técnicas de três robôs diferentes — os leves, os coletivos e os feitos em armação.

Ele é chamado de robô isoperimétrico, ou seja, uma estrutura que não muda o comprimento de suas partes nem a quantidade de ar dentro, apesar de trocar de forma quando necessário. A versão atual é uma combinação de triângulos, cujas "arestas" se movem com o uso de motores, transferindo o centro de gravidade para poder se arrastar lentamente. Outra de suas vantagens é o funcionamento sem a necessidade de fios ou grandes estruturas. De forma prática, ele já consegue se movimentar e carregar objetos, como uma bola.

Por enquanto, apesar de empolgante, o projeto está somente na fase de testes em laboratório e no campo. Os pesquisadores ainda precisam fazer muitos testes para experimentar as diferentes formas possíveis de molde, para encontrar mais possibilidades e utilidades.

Além disso, o uso dele água também deve fazer parte de uma etapa futura do estudo — sendo que o sonho da equipe é provar que o robô isoperimétrico seria útil também em explorações espaciais, já que seria capaz de vencer obstáculos naturais e ambientes de difícil navegação.

O artigo científico completo pode ser conferido neste link (em inglês).

Cientistas de Stanford criam robô inflável capaz de mudar de forma