Jogo de PC pode ajudar a combater Coronavírus, dizem cientistas

1 min de leitura
Imagem de: Jogo de PC pode ajudar a combater Coronavírus, dizem cientistas
Avatar do autor

Em 2008, a Universidade de Washington desenvolveu um jogo gratuito para PC chamado Foldit (Dobre-o, em português), onde os jogadores precisam resolver um quebra-cabeças, dobrando as estruturas das proteínas da maneira mais perfeita possível. Agora, a equipe do Foldit lançou uma nova modalidade de jogo (versão 1805b), que conta com a proteína “espinho” do coronavírus, responsável por infectar as células humanas.

O objetivo do jogo

Na página do Foldit, os cientistas explicam que o coronavírus tem uma proteína espinho em sua superfície, que se fixa como cola a uma proteína receptora encontrada na superfície das células humanas. Depois que essa ligação ocorre, o vírus infecta a célula humana e se multiplica.

No momento, os pesquisadores já conhecem a estrutura dessa proteína-espinho do coronavírus e como ela se liga aos receptores humanos.

No jogo, o objetivo é projetar uma proteína que se liga a essa proteína-espinho do COVID-2019, bloqueando sua interação com as células humanas e, consequentemente, sua infecção.

Veja a chamada do Foldit no Twitter:

De acordo com os pesquisadores, o jogo é uma oportunidade de compartilhar a carga de trabalho com mais de 200 mil pessoas, que vão estar ajudando a equipe a resolver o quebra-cabeças. Essa base de jogadores é semelhante, ou até melhor, ao que um computador poderia fazer, realizando cálculos.

O Foldit 1805b roda em Windows (7, 8 e 10), Linux (64bit) e macOS (10.7 ou superior). O game tem 166 MB de tamanho e pode ser baixado clicando nos elementos de download acima.

A Universidade de Washington disse que as ideias mais promissoras poderão ser desenvolvidas pelo Instituto de Design de Proteínas da universidade, o que significa que o jogo não existe apenas para a realização de testes.

Coronavírus no mundo

Até a manhã desta quarta-feira (04), o número de total de infectados em todo o mundo já chegou a 94.208, com 3.214 vítimas fatais.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Jogo de PC pode ajudar a combater Coronavírus, dizem cientistas