Cosmonautas russos voltarão a ter armas no kit de viagens espaciais

1 min de leitura
Imagem de: Cosmonautas russos voltarão a ter armas no kit de viagens espaciais
Avatar do autor

Pouca gente sabe, mas entre 1982 e até meados de 2007 as equipes de cosmonautas tinham uma arma em seu kit de emergência. Agora, a Rússia está testando um novo armamento para tomar o lugar da antiga pistola de três canos, especialmente criada para a missão espacial soviética. Segundo o chefe da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, é hora de trazer de volta as armas, já que os lançamentos tripulados estão se deslocando para o Extremo Oriente russo.

“É possível que desembarques também aconteçam em áreas escassamente povoadas, extensas florestas e estepes. A arma já está sendo testada e, em um ano e meio, provavelmente, será incorporada ao kit de emergência dos cosmonautas, que poderão usá-la tanto para se proteger de animais como para disparar sinalizadores”, disse Rogozin.

Enquanto os americanos sempre desceram no meio do oceano, os cosmonautas pousam de volta à Terra no meio das florestas da Sibéria e, enquanto esperam as equipes de resgate, ficam à mercê de ursos e lobos.

A pistola TB-82 foi a arma de proteção dos cosmonautas por 25 anos. (Fonte: Tsniitochmach JSC/Reprodução)

Cosmonautas sobem e descem armados

A primeira vez que o pedido por armas foi feito aconteceu em 1965, quando o módulo de pouso Voskhod-2, com os cosmonautas Aleksei Leonov e Pavel Belyaev, aterrissou na taiga dos Urais do Norte. Por conta da neve e da floresta densa, o resgate demorou dias para alcançar os dois homens, que se viram cercados de ursos e sem nada para se defender.

A partir da década de 1980, o kit de emergência incluía uma pistola TP-82 de três canos. No cabo da arma se acoplava uma machete (um tipo de facão de lâmina larga), cuja bainha, feita de material rígido, transformava a pistola em uma espingarda. A arma permaneceu como equipamento até 2007, quando foi substituída por um facão.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Cosmonautas russos voltarão a ter armas no kit de viagens espaciais