Vantablack: conheça o 'material mais escuro do mundo' [vídeo]

1 min de leitura
Imagem de: Vantablack: conheça o 'material mais escuro do mundo' [vídeo]
Avatar do autor

Há alguns anos, a Surrey NanoSystems desenvolveu um material chamado Vantablack. O composto formado por nanotubos de carbono foi descoberto por acaso e ficou conhecido como o material mais escuro do mundo. Por conseguir absorver mais de 99% da luz, cria a aparência de um buraco fundo ou uma estrutura lisa mesmo quando está posicionado sobre objetos tridimensionais. A explicação para isso está na maneira como a luz penetra no Vantablack.

Os nanotubos podem estar dispostos de modo relativamente organizado, como fios de cabelo, ou de maneira bagunçada. Em ambos os casos, a natureza da estrutura "prende" as partículas de luz, como se estivessem dentro de um labirinto. Isso faz com que a luz seja absorvida e se torne praticamente impossível ver qualquer forma que tenha sido pintada com o Vantablack.

O vídeo abaixo (com legendas em inglês) explica como esse processo ocorre.

Outros usos para os nanotubos

Nanotubos de carbono têm outras aplicações além do Vantablack e podem ajudar a fortificar equipamentos esportivos e rastrear estrelas. Graças à alta condutividade térmica e elétrica combinada com grande resistência mecânica, eles também podem ser utilizados para engenharia espacial.

Outra aplicação possível no futuro é a construção de telescópios e sistemas de lentes de câmeras que fazem registros do espaço. Como a incidência luminosa fora da nossa atmosfera é muito intensa, porque não há nada que absorva a luz, uma lente capaz de diminuir a luz do Sol e outras estrelas pode permitir uma melhor observação do universo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Vantablack: conheça o 'material mais escuro do mundo' [vídeo]