Cientistas registram imagens 4D inéditas e incríveis de movimentos atômicos

1 min de leitura
Imagem de: Cientistas registram imagens 4D inéditas e incríveis de movimentos atômicos
Avatar do autor

Cientistas da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) captaram, pela primeira vez, imagens 4D do movimento dos átomos no processo de transformação de forma — fusão, congelamento e evaporação. O experimento mostrou que os átomos se comportam de maneira diferente do que era imaginado até então.

A nucleação, processo de mudança de forma dos átomos, era algo ainda não muito claro para os cientistas. Com estas imagens foi possível observar que os diferentes núcleos criam formas irregulares durante a nucleação, no lugar das perfeitamente redondas em que se acreditava.

Outra  observação foi que as fronteiras dos núcleos se tornam mais confusas na mudança de estado da matéria, e não mais agudas. Essas descobertas poderão ajudar os cientistas a criarem materiais e processos químicos e biológicos.

átomosCaptura 4D do movimento atômico (Fonte: UCLA/ Reprodução)Fonte: ucla

Experimento

A equipe usou um dos mais modernos microscópios 3D para examinar uma liga de ferro-platina cortada a uma largura de 1/10.000 de um fio de cabelo. Essa liga então foi aquecida a 968 °F (520 °C) para passar de um estado sólido para outro.

Imagens foram captadas aos 9, 16 e 26 minutos a fim de observar o comportamento dos núcleos em cada estágio, o que levou os cientistas às conclusões apresentadas.

Esta foi a primeira vez que a nucleação foi vista em ação e seu resultado pode ajudar no desenvolvimento de materiais melhores e mais fortes, além de uma melhor compreensão dos processos físico-químicos.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Cientistas registram imagens 4D inéditas e incríveis de movimentos atômicos