Sonda da NASA sobrevive a mais uma viagem próxima ao Sol

1 min de leitura
Imagem de: Sonda da NASA sobrevive a mais uma viagem próxima ao Sol
Avatar do autor

A NASA anunciou que a sua sonda solar Parker completou a sua segunda viagem próxima do Sol. A sonda entrou na órbita da estrela, empatando o seu recorde anterior de proximidade com o astro, chegando a 24,1 milhões de quilômetros dele.

A Agência Espacial Norte Americana lançou a sonda solar Parker em 2018 com a missão de estudar o Sol, conseguindo bater o recorde do aparelho que chegou mais próximo do astro, algo que deve ser repetido nos próximos anos pela sonda. A NASA está realizando testes com a Parker para conseguir desvendar alguns mistérios sobre o sol e sua órbita.

A ideia é que, até 2025, a Parker possa chegar até 6,4 milhões de quilômetros do sol, uma distância que fará com que a sonda enfrente temperaturas próximas a 1.371,1 graus Celsius, o suficiente para derreter aço.

Para aguentar essa temperatura, a sonda conta com um enorme escudo de calor que protege suas partes mais sensíveis. Um programa criado pela NASA faz com que o escudo esteja sempre voltado para o Sol, impedindo que a sonda seja exposta sem proteção, além de contar um com sistema de resfriamento líquido para sobreviver por mais 6 anos.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Sonda da NASA sobrevive a mais uma viagem próxima ao Sol