Captar fotos perfeitas da Lua não é uma tarefa muito fácil, pois requer habilidade fotográfica profissional e equipamentos extremamente avançados — e com preços muito elevados. Mas parece que Andrew McCarthy, entusiasta californiano da astrofotografia, contrariou parte dessa lógica. O fotógrafo conseguiu produzir uma imagem detalhada do satélite a partir da combinação de 50 mil fotos capturadas por ele mesmo.

Fonte: Reprodução/Andrew McCarthy

O trabalho foi realizado com duas câmeras: Sony Alpha a7 II mirrorless (de 1 mil dólares, cerca de 3,7 mil reais) e ZWO ASI224MC (de 250 dólares, cerca de 940 reais), própria para macro. É importante considerar que equipamentos de astrofotografia podem chegar a dezenas de milhares de dólares. Além disso, imagens espaciais de alta qualidade são muitas vezes feitas pela NASA, então percebe-se que o fotógrafo realmente conseguiu alcançar um resultado muito realista e impressionante.

 

Fonte: Reprodução/Sony/ZWO ASI

Ao site PetaPixel, especializado em fotografia, McCarthy afirmou que a parte mais iluminada da Lua foi captada com a ZWO, enquanto a área mais escura e as estrelas foram obtidas com a Sony Alpha. Como as imagem foram feitas em blocos, foi necessária a ajuda de dois softwares para uni-las: AutoStakkert!, também conhecido como AS!2 ou AS!3, e Photoshop. No primeiro, o fotógrafo fez os empilhamentos de imagens; no segundo, fez montagem, processamento e ajustes (como contraste) da composição, para obter o máximo de realismo.

A imagem pode ser vista em alta resolução aqui. Outros trabalhos de Andrew McCarthy podem ser conferidos no Instagram oficial do fotógrafo.