Brasileiros podem ajudar a criar capacete com reconhecimento facial via IA

1 min de leitura
Imagem de: Brasileiros podem ajudar a criar capacete com reconhecimento facial via IA
Avatar do autor

Campus Party Brasil 2019 já acabou há alguns dias, mas deixou frutos que podem render grandes projetos para o futuro. A equipe "Thunder", por exemplo, foi a vencedora da Hackathon de Capacete Inteligente promovido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e vai participar de um projeto envolvendo tecnologia militar.

O projeto da "Thunder" é de um capacete com reconhecimento facial. Com ele, um soldado pode identificar aliados, civis e possíveis alvos entre uma multidão a partir da detecção de rostos.

Com o hackathon, a Agência alega que "conseguiu obter subsídios para a inovação na indústria da defesa". Ela está em processo de fabricação de um uniforme inteligente completo, e reúne aos poucos informações técnicas de cada componente, como tipo de tecido e funcionalidades.

Uma foto.

Na maratona de 24 horas, eles usaram um capacete de canteiros de obra, um Raspberry Pi3, uma câmera, uma bateria e um aparelho periférico de aviso — tudo improvisado e usando os conhecimentos de casa participante da equipe. Por dentro do aparelho, um sistema de inteligência artificial é treinado com um banco de dados para fornecer as respostas. Cada pessoa que entra no raio de visão da câmera acoplada era identificada pelo software, ganhando uma numeração específica e um marcador ao redor do rosto. O sistema ainda identifica a quantidade de pessoas presentes no quadro.

E agora?

O projeto da Thunder foi considerado mais realista de produzir — e, claro, tudo isso será profissionalizado caso vire mesmo uma tecnologia da ABDI. Os seis times do hackathon terão sugestões compartilhadas com um grupo de trabalho da ABDI que vai envolver também alguns ministérios. O próximo passo é definir o que é viável utilizar nos futuros uniformes inteligentes brasileiros.

Vinicius Figueiredo, Vinicius Silva, Rômulo Almeida e Renê Jerez são os componentes da Thunder. Além da possibilidade de ajudar a Agência, cada integrante recebeu Kits Nerd ao Cubo e ingresso para a próxima Campus Party. Além disso, o primeiro lugar ganhou quatro vouchers de Cursos Impacta On line de R$ 900.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Brasileiros podem ajudar a criar capacete com reconhecimento facial via IA