IA identifica doenças genéticas a partir da foto do rosto de uma pessoa

1 min de leitura
Imagem de: IA identifica doenças genéticas a partir da foto do rosto de uma pessoa
Avatar do autor

Uma nova inteligência artificial desenvolvida pela empresa FDNA usa aprendizado profundo para avaliar fotos do rosto de pessoas para diagnosticar a possibilidade de doenças genéticas. Chamada de DeepGestalt, ela visa facilitar o cuidado e a prevenção desse tipo de problema.

Um estudo conduzido pelo diretor de tecnologia da FDNA Yaron Gurovich e publicado na revista científica Nature Medicine afirma que a DeepGestalt foi mais bem-sucedida do que os médicos na hora de identificar diversas síndromes em três testes distintos. Para os especialistas, a novidade pode trazer um avanço significativo e personalizado para os cuidados com a saúde.

Os cientistas abasteceram a inteligência artificial com 17 mil imagens de rosto de pacientes diagnosticados com mais de 200 doenças genéticas diferentes. Depois disso, a tecnologia foi capaz de identificar imagens de rosto de pessoas portadores de algumas síndromes com 91% de precisão em um dos testes. Em outro, ela teve 64% de precisão e, por fim, no último, a taxa de acerto foi de 20%.

IAIA quer identificar traços associados a desordens genéticas para auxiliar na prevenção. (Fonte: Nature)

A pesquisa cita, ainda, que 8% da população mundial tem doenças com origem ou favorecidas por fatores genético. E é justamente esse o objetivo atua a nova tecnologia, que seria capaz de identificar com precisão tais fatores para criar um panorama específico para cada pessoa, indicando possíveis doenças e facilitando a prevenção.

“Isso demonstra como se pode aplicar os algoritmos de ponta, como aprendizado profundo, a um campo desafiador, com pouca disponibilidade de dados e desequilibrado em termos de pacientes disponíveis por condição e com grande necessidade de se dar conta de uma imensa quantidade de dados”, registra Gurovich.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
IA identifica doenças genéticas a partir da foto do rosto de uma pessoa