Imagem de: Brasileiros ficam com medalha de prata em competição de física na China

Brasileiros ficam com medalha de prata em competição de física na China

1 min de leitura
Avatar do autor

A edição deste ano do Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT) rendeu medalha de prata a cinco estudantes brasileiros que levaram a equipe do Brasil ao 5º lugar do ranking geral. A posição deixa o país à frente de nações como Suíça, Austrália e Estados Unidos na competição e marca a quarta medalha de prata brasileira nas últimas cinco edições da disputa.

O IYPT apresenta um formato diferente de outras olimpíadas tradicionais e é organizado em physics fights, debates com duração de 50 minutos e realizados exclusivamente em inglês durante os quais os estudantes discutem e resolvem 17 problemas. As equipes se revezam a cada rodada com uma apresentando as soluções de um problema e a outra apontando as falhas nessas soluções.

Os times que participam do torneio são formados por um membro de cada um dos cinco grupos vencedores da fase nacional classificatória. O professor Márcio Martino, coordenador do IYPT Brasil, acredita que o desempenho do Brasil nas últimas edições do torneio consolida o país como uma das potências da disputa.

“Externamente, o grande impacto é de centenas de participantes, entre alunos, professores e jurados de todo o mundo, que passam a ver o nosso país também como um lugar com enorme potencial científico e tecnológico”, comentou Martino. “Internamente, essas vitórias são fundamentais para estimular as nossas próximas gerações de jovens cientistas”, completou.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Brasileiros ficam com medalha de prata em competição de física na China