Observando padrões existentes em asas de insetos, folhas e até organelas, os cientistas puderam perceber que é possível que algumas estruturas presentes na natureza possam se organizar e se desenvolver tal como as dobras de um origami.

Utilizando-se desta ideia, alguns destes pesquisadores estão desenvolvendo robôs utilizando-se da tecnologia de origami. Isso mesmo! São robôs planos, leves e dobráveis, os chamados “robogamis”. Confira a seguir:

Robozinhos de papelRobogamis desenvolvidos pelo “Reconfigurable Robotics Laboratory” (École Polytechnique Fédérale de Lausanne/School of Engineering)

 Arte milenar

Associada a uma tecnologia milenar tão simples, os avanços trazem robôs extremamente flexíveis, capazes de se auto-organizar, rastejar e até mesmo saltar sobre obstáculos.

Robô de origamiO primeiro Robogami dobrável e reprogramável do mundo. Você mesmo pode construir! (BetaKit)

Os robogamis são dispositivos de baixo custo fáceis de produzir e de montar, que podem ser configurados para se adaptar ao ambiente e se locomover sem problemas, mesmo por terrenos acidentados, além de poder ganhar novos sensores e equipamentos para que eles possam interagir entre si. 

Robôs montáveisKits de Robogamis, desenvolvidos pela Dash Robotics, podem ser montados até por crianças. (BetaKit)

Em breve a palavra “robô” deixará de evocar imagens de estruturas e movimentos rígidos ou de máquinas robustas. Construir um robô poderá ser tão fácil como criar uma simples escultura de papel.

*Este texto foi redigido por Raquel Sanzovo, bióloga e pedagoga do Departamento de Educação da UNESP Botucatu.

'Robogamis”: os robôs de papel inspirados nas formas da natureza via Mega Curioso