Um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Ulsan, na Coreia do Sul, está trabalhando em algo que pode indicar o futuro dos sensores biométricos que utilizamos em nossos smartphones. A equipe publicou um artigo na Nature Communications descrevendo um leitor de digitais transparente capaz de detectar a pressão e a temperatura corporal de quem o utiliza.

O grande avanço dessa novidade seria principalmente na área de segurança, já que o sensor não poderia ser enganado por alguém usando um molde de impressões digitais ou uma luva com o padrão correto impresso na ponta dos dedos. A leitura de temperatura feita por ele seria capaz de reconhecer facilmente quando a digital colocada ali não for parte de um corpo humano.

Ainda de acordo com o estudo, o novo tipo de sensor biométrico estaria dentro dos padrões de segurança exigidos pelo FBI. Outra grande vantagem é o fato de ele ser transparente, o que permite que seja facilmente colocado embaixo do visor de um aparelho, da mesma maneira que já é feita por alguns celulares chineses atuais, como o Vivo Nex e o Xiaomi Mi 8.

Infelizmente, isso ainda deve demorar alguns anos para acontecer. A pesquisa não indica um prazo para quando a tecnologia estará aprimorada e acessível o suficiente a ponto de poder ser utilizada em aparelhos vendidos comercialmente. Mas já é um bom sinal de que podemos esperar por sensores biométricos cada vez mais seguros em nossos dispositivos.