É ano de Copa do Mundo de futebol, e 32 países dos mais variados cantos se encontram para disputar o esporte mais popular do mundo. Além de ver a bola rolar, conhecemos mais a respeito de uma série de nações.

A seguir, selecionamos algumas das maiores contribuições tecnológicas, invenções ou atuais trabalhos de cada classificado. E desde já vale o aviso: em vários casos, é impossível listar absolutamente todas as conquistas científicas de uma nação, pois a história de cada país é muito significativa para ser resumida em poucas linhas.

Grupo E

Brasil

O Brasil é um celeiro de grandes mentes que brilham por aqui e em outros cantos do mundo. Dá para destacar o Kinect, de Alex Kipman; o BINA, de Nélio Nicolai; e experimentos pioneiros em radiotransmissão (com o padre Landell de Moura) e navegação por balão de ar quente (Bartolomeu de Gusmão).

Um homem segurando um papelNélio e a patente registrada do BINA

E claro que Santos Dumont merece uma atenção especial: existe toda uma briga em torno da autoria, mas o brasileiro com certeza é o primeiro a realizar um voo público de uma máquina de propulsão própria. O experimento com o famoso 14-BIS aconteceu em 1906.

O 14 Bis.

Na Copa do Mundo, o Brasil está com a moral elevada e é um dos candidatos a trazer o hexa para casa.

Costa Rica

A Costa Rica é um país bem peculiar, com algumas características que fogem do padrão: há várias décadas, o país simplesmente não possui exército. Porém, em termos de inovações tecnológicas, são poucas as notabilizações.

O destaque vai para o desenvolvimento do Citofem. Esse é um medicamento utilizado no tratamento e diagnóstico do câncer na região da cervical. A criação é de uma dupla de pesquisadores locais em parceria com o cientista norte-americano Robin Wiscovitch. O produto já é bastante difundido pela região e está começando a ganhar o mundo.

Uma médica.O Citofem é um conjunto de diagnóstico com uma escova e tratamento de câncer

Vai ser difícil para a seleção dos "Ticos" conquistar uma vaga nas oitavas de final, mas ela espera repetir o ótimo desempenho de 2014.

Sérvia

O tópico sobre a Sérvia poderia ser resumido em uma única pessoa: Nikola Tesla. Ele é nada menos que o responsável pela criação do motor elétrico de indução por corrente alternada, além de "evangelizar" a respeito de comunicação sem fio através de dispositivos — mudando para sempre a forma como usamos a eletricidade. Tesla nasceu em um território que hoje pertence à Croácia, mas é considerado sérvio. Motor de indução, controle remoto, campo magnético rotacional e muitos outros inventos são creditados direta ou indiretamente a ele.

Nikola Tesla.Tesla era a própria cobaia nos experimentos

Só que o país é bem mais do que isso: Rajko Tomovic, por exemplo, era um especialista em robótica que produziu a primeira prótese de mão humana funcional com cinco dedos, em 1963.

Um grupo de pessoas.

Na Copa do Mundo, esperamos que a Sérvia só se classifique em segundo lugar. De qualquer forma, o time é forte e, especialmente no meio de campo, traz atleta da elite do futebol mundial.

Suíça

O café instantâneo já existia antes, mas foi o Nescafé, da Nestlé, que definiu o formato moderno dessa bebida. E ela surgiu por causa do Brasil: uma crise fez com que os grãos ficassem estocados e com o risco de estragar. O governo daqui fez um acordo com a fabricante, que ajudou a preservar o produto e deixá-lo mais fácil de transportar. Max Morgenthaler foi o responsável pelo projeto, e o primeiro lote saiu em 1938.

Um pacote de café.

O engenheiro Georges de Mestral é o inventor do velcro. Em 1941, ele percebeu que algumas sementes "grudavam" na roupa por conta do formato de pelos que pareciam ganchos minúsculos e criou o formato para guardar objetos e fechar roupas.

Uma pessoa com um papel.

E foi na Suíça que a internet atual tomou forma. O laboratório de pesquisas CERN fica no país europeu e serviu de palco para que o britânico Tim Berners-Lee desenvolvesse tecnologias como o HTTP e a World Wide Web (WWW). Você pode conhecer melhor a história da internet neste link.

Na Copa do Mundo, a Suíça é conhecida pelo futebol com muita força defensiva (para não dizer retranca) e é uma das favoritas para passar de grupo.

Grupo F

Alemanha

A Alemanha é conhecida por ser o berço de grandes cientistas, incluindo o físico Albert Einstein. E foi por volta de 1439 que surgiu a prensa móvel, de Johannes Gutenberg, que permitiu a cópia em massa de livros e periódicos — e praticamente disseminou informação e literatura.

Uma prensa antiga.

A boa e velha pasta de dente também veio de lá — até os egípcios usavam técnicas parecidas, mas o material moderno é alemão. Ottmar Heinsius von Mayenburg tinha uma farmácia e combinou alguns ingredientes para criar o Chlorodent, uma pasta com gosto próximo ao de menta. Foi dele também a ideia de usar tubos metálicos flexíveis para servir de embalagem.

Uma propaganda.

Ah! Damos muito crédito a Henry Ford pela popularização do automóvel, mas o pioneiro mesmo veio da Europa. Engenheiros alemães como Karl Benz e Gottlieb Daimler trabalhavam como rivais em meados de 1885 e desenvolveram em separado automóveis de combustão interna movidos a gasolina. O Benz Patent-Motorwagen é considerado o primeiro modelo fabricado no mundo.

Um automóvel antigo.

No campo da televisão, devemos para a fabricante Telefunken o sistema de colorização analógica PAL, utilizada em televisores a partir da década de 1960. No Brasil, o esquema PAL-M foi implementado 10 anos depois e trouxe uma revolução para a casa da população.

Não precisa nem falar do favoritismo da Alemanha em termos de futebol, certo?

Coreia do Sul

A Coreia do Sul é o lar de alguns dos maiores conglomerados atuais de tecnologia, incluindo as gigantes Samsung e LG. Lá também surgiram vários serviços e utilitários que já usamos bastante ou ainda fazem parte do nosso cotidiano.

Foram os sul-coreanos que inventaram, por exemplo, o MP3 Player, em 1998. O primeiro modelo foi desenvolvido pela Saehan Information Systems e se chamava MPman F10.

Um MP3 Player.

Foi lá também que se popularizaram, desde o final dos anos 80, os "PC Bangs"  aqueles cafés com vários computadores em que, normalmente, as pessoas pagam por hora para jogar games online. Aqui, conhecemos como as saudosas lan-houses.

Uma lan-house.

Em termos futebolísticos, a Coreia do Sul corre por fora na disputa por uma classificação e, provavelmente, volta para casa ainda na fase de grupos.

México

Você só pode ver os jogos da Copa do Mundo com uma bela definição de cores por causa de um mexicano. Guillermo González Camarena inventou um sistema de coloração para televisores patenteado em 1943. Com o tempo, ele foi passado para trás com padrões como o NTSC e o PAL, mas deixou uma grande marca na história.

Um câmera.

Já Luis Miramontes foi um dos pesquisadores responsáveis pela patente da pílula anticoncepcional de aplicação oral: em 1952, ele sintetizou o composto noretisterona, o agente básico do contraceptivo.

Um cientista.

O México quer acabar com a maldição do "jogou como nunca, perdeu como sempre" e passar ao menos para as oitavas de final do torneio — provavelmente pegando o Brasil.

Suécia

A tecnologia do Bluetooth, que usamos direto para fazer aparelhos se comunicarem sem o uso de fios, nasceu na Suécia em 1996 e foi batizada por conta do passado do local. A Ericsson é tida como a principal responsável pelo desenvolvimento do padrão, mas foi um consórcio envolvendo as maiores fabricantes do mercado que tomou tal decisão.

O símbolo do Bluetooth.

As embalagens de alimentos TetraPak, que também é o nome da empresa responsável pela tecnologia, veio da Suécia. Ruben Rausing e Erik Åkerlund criaram a marca em 1929 para acabar com produtos apenas enrolados em papel ou vidro. O tetraedro que deixou a marca famosa só veio quase 20 anos depois.

Uma embalagem.

A Suécia conta com um elenco renovado e a moral elevada depois de eliminar a Itália na repescagem e se classificar para o mundial. Ela vai brigar pelo segundo lugar do grupo.

Cupons de desconto TecMundo: