Está em desenvolvimento uma lente de contato tingida para corrigir o daltonismo, ou cegueira parcial das cores. A lente é considerada potencialmente barata perto de produtos atuais do mercado, como os óculos com lentes especiais, e será feita com um corante não tóxico, derivado de rodamina.

O uso de corantes para as lentes de contato foi testado e apresentado recentemente pela Universidade de Birmingham como uma alternativa mais econômica aos óculos existentes, que podem custar centenas de dólares. Cada lente leva uma pigmentação para solucionar um tipo específico da cegueira parcial de cores. 

1

O tipo de daltonismo mais comum é a deficiência na visão do vermelho e do verde, então os testes feitos até agora foram direcionados a essa variação. O pigmento funciona ao bloquear um ponto específico que existe entre as ondas de verde e vermelho. Assim, os cones nos olhos do paciente que detectam vermelho e verde não serão acionados ao mesmo tempo, resultando na capacidade de distinção das duas cores.

O líder da pesquisa, Dr. Haider Butt, contou um pouco sobre os testes até o momento. O corante foi disposto em uma lâmina de vidro e, então, os participantes foram orientados a olhar através dela. Segundo ele, o próximo passo é usar um procedimento similar para tentar corrigir o daltonismo de roxo e azul. Posteriormente, a ideia é tentar dar a um mesmo produto o potencial de corrigir tanto o de roxo e azul quanto o de vermelho e verde, simultaneamente.