A Fundação XPrize oferecerá prêmio de 8 milhões para a equipe que apresentar um robô capaz de realizar múltiplas tarefas, inspiradas na própria rotina humana.

XPrize fomenta avanço na pesquisa de robótica

O segmento de robótica já é muito avançado em vários aspectos. Seja para localizar minas terrestres ou realizar operações espaciais, a utilização de máquinas aptas a realizar tarefas delicadas já é uma realidade no campo da tecnologia há um tempo.

Porém, tendo em vista que máquinas são desenvolvidas em todos os lugares para desempenhar tarefas pré-estabelecidas, o desenvolvimento da maioria dos robôs acaba condicionando o seu campo de atuação. Pensando nessa característica na área da robótica é que a Fundação XPrize anunciou a premiação para incentivar equipes de cientistas de todo o planeta a projetarem um avatar robótico que seja capaz de realizar diversas funções.

1

As dificuldades por trás do prêmio oferecido pela XPrize

O equipamento deve ser controlado de modo remoto por humanos e capaz de realizar atividades diversas, desde cavar um buraco a simplesmente manipular alguma ferramenta. É preciso ainda que a máquina consiga identificar os sentidos humanos, como fala e audição, por exemplo.

Ao lado da Fundação XPrize, a companhia aérea japonesa All Nippon Airways participa do concurso como patrocinadora. As organizadoras esperam que até 2021, prazo final para apresentação dos projetos, alguma equipe inscrita apresente um avatar robótico que preencha os requisitos estabelecidos pelo concurso. 

2

Além da dificuldade de criar robôs capazes de realizar múltiplas tarefas, outra preocupação dos cientistas sempre foi construir um equipamento que consiga se equilibrar sobre duas pernas. Equipamentos quadrúpedes configuram maior estabilidade de locomoção, e outros modelos suspensos sobre rodas tendem a ser mais ágeis.