O mangá Slam Dunk fez muito sucesso no Japão durante os anos 1990 ao acompanhar a rotina de um time de basquete de uma escola japonesa. Além de fazer muitos adolescentes se interessarem pelo esporte, ele foi a inspiração que levou uma equipe de engenheiros da Toyota a usar o tempo livre para construir um robô que competisse no esporte.

Apesar de terem sido o tema de uma matéria da agência de notícias Asahi Shimbun, os criadores não deram muitos detalhes de como o robô funciona. Tudo o que sabemos é que eles utilizaram alguma inteligência artificial para treinar os arremessos.

Para colocar o novo jogador à prova, a equipe de engenheiros convidou um grupo de jogadores profissionais do time Alvark Tokyo para uma disputa de lances livres. Apesar do visual e dos movimentos bem simplistas, o robô não errou nenhuma cesta, deixando a competição invicto. O momento foi registrado no vídeo abaixo.

Sim, é perceptível que o robô não seria capaz de participar de um jogo de verdade, já que ele depende de uma tábua com rodinhas para se movimentar. De qualquer forma, parece que esse é mais um jogo no qual os humanos foram ultrapassados pelas máquinas, pelo menos quando o assunto é acertar lances livres.