Hambúrgueres são uma das opções mais consumidas mundo afora, justamente porque são rápidos e fáceis de fazer. Mas é claro que a preparação conta com alguns “truques” que deixam o sanduíche mais gostoso e boa parte do segredo está no ponto certo da carne. Eis que a fabricante Miso Robotics  promete ser uma alternativa aos tradicionais chapeiros de restaurante: o Flippy realiza a função ininterruptamente, com a mesma eficiência e consistência humana, e sem o perigo de queimar a pele.

O autômato conta com uma base móvel, leve o suficiente para ser carregada por um funcionário de lanchonete, e possui um braço com uma espátula na forma do tamanho padrão dos burgers. Ele usa reconhecimento de imagens e detecção de calor para verificar quais precisam ser virados e vai alternando até que estejam prontos. A capacidade é de 12 unidades de uma só vez.

Confira uma demonstração:

O conceito foi criado no ano passado, em parceria com a cadeia de lanches Caliburger, que já tem planos de instalação das máquinas em 50 lojas em breve. Cada uma custa US$ 6 mil (cerca de R$ 19,4 mil, sem taxas) e a manutenção das operações saem por US$ 12 mil (quase R$ 39 mil) ao ano.

A ideia, segundo os desenvolvedores, é acelerar o processo de comida fresca, mantendo os cozinheiros mais preocupados na preparação manual dos alimentos e no atendimento. A Miso Robotics já fechou também contrato com a empresa de esportes e entretenimento Levy, que vai utilizar Flippys como ajudantes na cozinha. O próximo passo é incrementar as capacidades da companhia com o uso da inteligência artificial e aumentar o leque de soluções para a gastronomia em geral.