Panasonic anunciou o Toughbook, um notebook resistente (ou como a própria empresa chama, “robustecido”) e destacável. O modelo CF-20 Mark 2 é uma evolução do CF-20 tradicional e vem equipado com Windows 10 pro, display de 10 polegadas, processador Intel Core vPro, 8 GB RAM e 256 GB SSD.

Ainda de acordo com a empresa, a bateria tem autonomia de 17 horas — tempo dividido entre notebook e tablet (sozinho, ele suporta até 8,5 horas).

1

Dentre outras características de destaque estão: display com uma tecnologia que melhora a visibilidade da tela em ambientes abertos e com muita luz, câmera frontal equipada com Hello, possibilitando a autenticação por reconhecimento facial, tela sensível ao toque mesmo se o usuário estiver de luvas, opção 4G LTE para conexão de dados móveis e leitor de fita magnética.

Como outros notebooks da Panasonic que são desenvolvidos com essas especificidades de robustez, o aparelho é voltado ao uso em locais onde possam sofrer quedas, por exemplo, ou qualquer outro dano que um notebook tradicional não aguentaria.

panasonic notebook

O que garante isso é a certificação militar do modelo, resistente a “quedas, choques, vibrações, água, areia, pressão atmosférica, congelamento/descongelamento, temperaturas altas e baixas, choques térmicos, radiação solar, sal, umidade e atmosferas explosivas”.

Vale ressaltar que, por conta dessas especificações, a máquina tem como público-alvo áreas como polícia, bombeiros, construção civil e forças armadas.

A alça embutida também funciona como suporte, proporcionando flexibilidade no trabalho

O equipamento será lançado oficialmente no próximo mês. Ainda não se sabe se ou quando o notebook chegará ao Brasil. Nos Estados Unidos, a previsão é de que ele custe US$ 3,1 mil.

Cupons de desconto TecMundo: