Esqueça o pincel e os clichês quando ouvir falar de arqueologia: os profissionais da área estão contando agora com uma ajuda que vem dos céus. Um estudo conduzido pela Faculdade de Dartmouth revelou que o uso de imagens térmicas obtidas com a ajuda de drones está resultando numa verdadeira revolução na área.

Os robôs voadores estão oferecendo uma abordagem muito mais abrangente para que os arqueólogos consigam fazer o reconhecimento das áreas que estão sendo pesquisadas e também para coleta de dados.

arqueologia

O uso de imagens capturadas em infravermelho com câmeras térmicas para identificar zonas arqueológicas sob a terra já vem de algum tempo, mas os drones permitem que isso seja feito de uma forma bem mais dinâmica – além de permitir a cobertura de um espaço muito maior em menos tempo.

O estudo foi conduzido em seis sitios arqueológicos espalhados pelo mundo. “Muito do que descobrimos com nossa pesquisa até agora mostra o quanto as condições locais e o tempo de nossas pesquisas podem impactar o quão bem as imagens térmicas vão revelar sobre os restos arqueológicos”, explicou Jesse Casana, professor em Dartmouth e um dos autores do estudo.

arqueologia

“Ainda assim, quanto mais entendermos esses aspectos, melhor conseguiremos usar a tecnologia. Acredito que nossos resultados demonstram o potencial da termografia aérea em transformar como exploramos esses cenários arqueológicos em muitas partes do mundo”.

Cupons de desconto TecMundo: