Um estudo conduzido recentemente por pesquisadores da Universidade de Washington provou que, em breve, será possível jogarmos video games desprovidos de gráficos ou de áudio. Os cientistas tiveram êxito em fazer com que um grupo de cobaias navegasse por um labirinto virtual sem o auxílio de estímulos visuais ou sonoros — os jogadores eram orientados somente por ondas enviadas diretamente para seus cérebros.

Pode parecer coisa de ficção científica, mas é realidade. Para que o esquema pudesse dar certo, os participantes do estudo tiveram que usar uma espécie de capacete equipado com uma bobina magnética que enviava impulsos elétricos de baixa tensão para uma área específica de seus cérebros. No caso dos labirintos, esses impulsos resultam na criação de um fosfeno na visão da cobaia — aquelas luzes que enxergamos mesmo de olhos fechados.

Com base nisso, os jogadores sabiam onde haveria um obstáculo e quando precisaria mudar de direção. A taxa de sucesso desse experimento foi de 92%, um número bastante animador. “Basicamente, nós estamos tentando dar um sexto sentido aos humanos”, afirma Darby Losey, responsável pelo estudo. A pesquisa completa (em inglês) pode ser lida através deste link.

Cupons de desconto TecMundo: