Um estudo realizado pela University of Waterloo, no Canadá, e pela University College London, no Reino Unido, diz que os smartphones e os computadores ajudam a liberar "espaço" em nosso cérebro ao armazenar informações rotineiras. Contudo, ao mesmo tempo, estão arruinando a nossa memória.

Sabe como eles "liberam" espaço? Simplesmente, armazenando detalhes e fatos específicos. Ou seja, datas de aniversário, números telefônicos, compromissos e reuniões, listas diversas e endereços, por exemplo. Antes da existência dos gadgets, dependíamos da nossa memória — ou de um bloco de notas.

Por causa disso, os aplicativos que nos ajudam "tiram o peso" de nossas capacidades cognitivas, segundo os pesquisadores Evan Risko e Sam Gilbert. Sendo assim, o nosso cérebro pode focar em áreas mais efetivas e colocar atenção em "coisas" mais importantes.

Contudo, por outro lado, os mesmos aplicativos também estão acabando com a nossa memória. Principalmente no que toca ao armazenamento de dados sobre endereços e caminhos.

Para mais detalhes sobre a pesquisa, você pode clicar aqui.

Cupons de desconto TecMundo: