A existência da vida na Terra e a evolução da civilização estão diretamente ligadas à presença de água no planeta. Mas infelizmente, o acesso à água de qualidade para a hidratação de pessoas e animais ou irrigação de campos não é tão simples.

Além da dificuldade no acesso, também existe a questão da poluição da água, que pode causar doenças e até a morte em regiões sem condições de saneamento.

Pensando nisso tudo, pesquisadores da Universidade de Stanford (Estados Unidos) estão desenvolvendo um sistema portátil que pode purificar a água em apenas alguns minutos — precisando apenas da luz do sol para fazer o processo.

O dispositivo tem apenas 1 cm x 2 cm e pode descontaminar água com rapidez. Ele não é elétrico, sendo totalmente baseado em sua construção para que possa ser utilizado na purificação da água.

O funcionamento

O projeto criado pelos cientistas funciona de um modo bem interessante. Ele possui uma camada de estruturas de dissulfeto de molibdênio, criadas para liberar elétrons quando é atingido pela luz solar. Essa eletricidade então entra em reação com organismos que está na água e isso acaba matando as bactérias.

Este dispositivo se diferencia de outros modelos já criados por não usar apenas a luz ultravioleta, mas também espectro visível dos raios solares — permitindo muito mais velocidade no processo. De acordo com os cientistas, é possível matar 99,999% das bactérias em 25 mL de água em 20 minutos.

Por enquanto, poluentes químicos e vírus não são neutralizados — somente bactérias E. coli e de ácido láctico. Ainda é pouco, mas já vão ser conduzidos testes para verificar as capacidades de escalonamento e melhorias da tecnologia. Os responsáveis garantem que a produção é muito barata e esperam conseguir colocar o sistema no mercado em até cinco anos.

.......

Será que algum dia veremos isso no mercado?

Cupons de desconto TecMundo: