Um grupo formado por cientistas do mundo inteiro anunciou recentemente seus planos para criar genomas sintéticos a fim de aprimorar o sistema biológico do ser humano. Após organizar uma reunião praticamente secreta no último mês — encontro no qual foi proibida a entrada de jornalistas —, a equipe publicou na quinta-feira passada (2) um relatório oficial explicando maiores detalhes sobre tal projeto ambicioso.

Batizada como Human Genome Project-Write (HPG-Write ou Pojeto de Genoma Humano-Escrita, em português), a iniciativa planeja encontrar uma maneira de escrever o genoma humano a partir do zero, o que possibilitaria a criação de órgãos artificiais para transporte e até mesmo a manipulação genética em um nível tão profundo que conseguíriamos tornar nossas células mais resistentes a vírus e a vários tipos de câncer.

Ainda que as possibilidades do projeto sejam animadoras, o programa já está sendo alvo de críticas no plano ético e até mesmo teológico, visto que ele representa mais um passo para um eventual futuro no qual será possível criar humanos inteiramente artificiais, construídos para serem mais fortes e inteligentes do que o padrão da população mundial. De qualquer forma, essa é uma iniciativa que só trará resultados em longo prazo, então teremos muito tempo pela frente para discutir essas questões.

Cupons de desconto TecMundo: