A discussão é antiga, mas sempre rende bons argumentos para ambos os lados: será que o ser humano, a Terra e todo o Universo não passam de uma simulação complexa e muito bem criada por seres infinitamente mais inteligentes do que o próprio homem?

A correlação com a franquia "Matrix" é praticamente inevitável. Na história dos filmes, todo o mundo como o conhecemos não passa de uma mentira criada pelas máquinas para aprisionar o ser humano. Alguns, aqueles que principalmente decidem sair dessa simulação, vivem tentando encontrar um verdadeiro sentido para a vida e entender o que o "arquiteto" desse Universo está planejando ao manipular tudo e todos como marionetes em um show de fantoches.

Será que o Universo não passa de uma simulação complexa criada por seres superiores?

Mais uma discussão

Esse assunto voltou à tona durante a edição de 2016 do debate Isaac Asimov Memorial, no Museu Americano de História Natural. Esse encontro tem como objetivo discutir vários assuntos relacionados a física, astronomia, pensamento filosófico, astrofísica e diversos outros temas. A pauta sobre a possibilidade de estarmos vivendo em uma simulação foi debatida entre os apresentadores da vez.

Enquanto a renomada física Lisa Randall afirmava que não existia a menor possibilidade de isso acontecer, o astrofísico Neil deGrasse Tyson apontava argumentos contrários. De acordo com ele, as chances de que o Universo seja apenas uma simulação podem ser bastante altas. Ele ainda afirmou que não ficaria surpreso se descobrisse que alguém – ou algo – é o responsável pela sua criação e controle.

O astrofísico Neil deGrasse Tyson

Argumentos

De acordo com Neil deGrasse, é normal que o ser humano se considere a raça dominante e mais inteligente que existe na vastidão do espaço sideral, afinal nosso conhecimento está de fato limitado a o que nós conhecemos. Porém, ninguém ainda pode garantir que não há entidades infinitamente superiores – em inteligência e diversos outros aspectos – em outros mundos ou galáxias. Esses seres, independentemente de suas verdadeiras identidades e objetivos, poderiam ter criado o nosso Universo e estar controlando tudo como uma forma de entretenimento, por puro divertimento.

Outro argumento sustentado por aqueles que acreditam em um Universo simulado é a capacidade que o próprio ser humano está adquirindo com relação aos supercomputadores. Ainda não é possível criar uma realidade tão complexa quanto a nossa através de uma máquina incrivelmente potente, mas os pesquisadores realmente vislumbram um futuro em que isso seria perfeitamente possível.

Os supercomputadores estariam sendo utilizados para criar a simulação do nosso Universo

Queremos ouvir a sua opinião

Você acredita que o ser humano, a Terra e todo o Universo possam ser produtos de uma simulação complexa de seres infinitamente superiores? Acha que é realmente possível que tudo o que vivemos até hoje, o que incluiu duas guerras mundiais, várias revoluções industriais e diversos acontecimentos históricos, não passe de um show de marionetes sendo conduzido por algo ou alguém? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre esse polêmico assunto!

Se quiser, confira a discussão completa que aconteceu no Isaac Asimov Memorial, apresentado pelo astrofísico Neil deGrasse Tyson. A edição de 2016 contou com a participação de David Chalmers (professor de filosofia na Universidade de Nova York), Zohreh Davoudi (físico teórico do Massachusetts Institute of Technology), James Gates (físico teórico na Universidade de Maryland), Lisa Randall (físico teórico na Universidade de Harvard) e Max Tegmark (cosmologista no Massachusetts Institute of Technology).

Você acredita que o Universo possa ser uma complexa simulação criada por seres superiores? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: