Originalmente prometido para maio, o Chromecast chegou oficialmente nesta quarta-feira (4) ao comércio brasileiro. Vendido ao preço sugerido de R$ 199, o dispositivo já pode ser encontrado nas lojas virtuais das redes Ponto Frio, Casas Bahia e Extra, devendo chegar em breve a outros meios.

O dispositivo tem como principal objetivo oferecer recursos de conectividade e aplicativos a televisores que não contam com recursos “inteligentes”. Toda a programação disponível pode ser controlada com o auxílio de aplicativos disponíveis nos sistemas Windows Phone, Android e iOS.

Apesar de acessível, o preço do aparelho se mostra ligeiramente mais “salgado” que aquele praticado nos EUA: US$ 35, equivalente a aproximadamente R$ 80. Na época em que o produto chegou aos Estados Unidos, era possível encontrá-lo em importadoras por aproximadamente R$ 140, valor que incluía o frete de envio e impostos.

Funções e aplicativos

Através do Chromecast, cujo visual se assemelha a um pendrive convencional, é possível ter acesso a serviços de streaming como Netflix, YouTube e Rdio. Também é possível usar o aparelho como uma forma de transmitir o conteúdo de uma página do Chrome a partir de um laptop com os sistemas Windows e Mac OS X.

Até o momento, a Google não anunciou nenhuma parceria com uma provedora local de conteúdo para oferecer conteúdos específicos ao Brasil. A expectativa é a de que o gadget ganhe mais opções de aplicativo em breve, algo que deve ser ajudado pelo lançamento do kit de desenvolvimento da plataforma, tornado público em fevereiro deste ano.