Adaptador da Panasonic, exemplo do futuro do streaming. (Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

A compatibilidade entre dispositivos eletrônicos das mais diversas naturezas tem saltado aos olhos das gigantes da tecnologia. E parece que o próximo passo a ser dado pelo mercado tem como objetivo, justamente, fazer investimentos ainda mais intensos em propostas desse tipo. Fato é que, durante a CES 2014, a Qualcomm anunciou planos relacionados ao lançamento de um padrão open-source de transferências via streaming de músicas – serviço que pretende concorrer com o AirPlay, da Apple.

Entre as companhias que já demonstraram interesse em apoiar a proposta destacam-se nomes conhecidos, como Panasonic, iHeartRadio, Altec Lansing, Rhapsody, Napster, Double Twist, Grooveshark, Tuneln e SomaFM. A intenção da Qualcomm é possibilitar, desta forma, que desenvolvedores criem aplicativos e também hardwares capazes de se comunicar com o tal serviço de transmissão de áudio via streaming.

Preço

De acordo com Sy Choudhury, diretor sênior de gerenciamento de produtos da Qualcomm, pode ser que a iniciativa não seja, pelo menos em um primeiro momento, tão atraente a consumidores casuais destes tipos de recursos. “[Estamos] visando toda a funcionalidade de áudio em casa, e o preço acompanha [esse projeto]”. Trocando em miúdos, Choudhury diz que o preço de um hardware wireless e versátil desse tipo não deverá ser baixo em seus primeiros estágios de vida.  

Dispositivos deverão funcionar como centrais de gerenciamento de áudio. (Fonte da imagem: Reprodução/Qualcomm)

Ainda conforme projeta a companhia, a ideia é fazer com que este padrão open-source se estabeleça dentro dos próximos anos como “módulo inteligente de áudio” – o que deverá dispensar o uso de pilhas e mais pilhas de aparelhos na hora de se reproduzir música via streaming. Prova dessa intenção são os planos da Qualcomm para este ano: disponibilizar a desenvolvedores o software SDK, que deverá fomentar a criação de futuros dispositivos.

Possibilidades

Importante dizer que a Qualcomm já oferece uma plataforma inteligente de execução e transferência de áudio chamada AllPlay (clique aqui e saiba mais). Se interligados em uma mesma rede sem fio, tocadores de música compatíveis com esse tipo de serviço podem executar, em conjunto, um mesmo som via streaming.

Serviços deverão concorrer com o AirPlay. (Fonte da imagem: Reprodução/Qualcomm)

“Se o nosso foco estiver correto e conseguirmos realmente levar a conectividade ‘ampla’ às massas, acreditamos que o AllPlay vai se tornar uma infraestrutura entre plataformas para diferentes aparelhos na troca de mídias”, diz ainda Choudhury acerca das novas pretensões da Qualcomm.

Cupons de desconto TecMundo: