Apple e Samsung, duas gigantes no mercado mobile, estão no topo por uma série de fatores acumulados ao longo dos anos: relação com o consumidor, produtos de ponta e design bonito. Os preços se encaixam em outra categoria, mas o fato é que, às vezes, é impossível ter ideia do que rola nos bastidores. De acordo com o mais recente levantamento da Gartner, as duas seguem no topo de mercado de semicondutores (ou, num termo menos técnico, simplesmente “chips”).

Os hábitos de consumo de fabricantes de tecnologia mobile foram triplicados no ano passado. Samsung e Apple seguem em primeiro e segundo lugar, respectivamente, pelo quinto ano consecutivo, com uma fatia de nada menos que 17,7% dos negócios relacionados a semicondutores em escala mundial. Em dinheiro, essa porcentagem equivale a US$ 59 bilhões em chips.

O primeiro lugar da Samsung se explica por alguns fatores. A gigante agora fabrica chips premium tanto para a Qualcomm quanto para a própria Apple, cenário que deve ajudar a empresa sul-coreana a se sustentar por um longo horizonte à frente, mesmo que o mercado de semicondutores esteja em declínio, de acordo com o relatório. As 10 companhias ranqueadas foram Samsung, Apple, Lenovo, Dell, HP Inc., Huawei, Sony, Hewlett Packard Enterprise, LG e Cisco Systems. Ao todo, todas elas compraram US$ 123 bilhões em chips. Confira os números:

Apesar dos números exorbitantes, existe um declínio, conforme mencionado. A demanda da Samsung por chips caiu em 3,6% em 2015, enquanto a da Apple subiu em 7,1%. Com esse cenário, é possível que a dona do iPhone passe a ocupar o primeiro lugarzinho ali, que ainda está com a Samsung, até o final deste ano. Mas vamos aguardar.

Samsung e Apple seguem no topo do mercado de semicondutores: você imaginava números tão altos? Comente no Fórum do TecMundo.

Cupons de desconto TecMundo: