Entre outras tantas empresas que revelaram seus novos hardwares na CES 2016, a ZTE também não ficou parada. Aproveitando a ocasião, a empresa chinesa anunciou não apenas dois smartphones Android de baixo custo, mas também revelou planos para criar uma comunidade por meio da qual o público poderá ajudar a companhia a tomar decisões a respeito de seus próximos produtos.

Exclusivo da operadora norte-americana Cricket, o Grand X 3 é um dispositivo com uma tela de 5,5 polegadas com resolução HD (1280x720 pixels). No seu interior, o aparelho conta com um processador quad-core de 1,3 GHz da Qualcomm, 2 GB de memória RAM, armazenamento expansível em até 64 GB por meio de cartões microSD e 3.080 mAh de bateria. A novidade já sairá de fábrica com o Android 5.1.1 Lollipop e deve ser disponibilizado ainda este mês por US$ 130 (cerca de R$ 520, sem impostos).

O segundo aparelho revelado foi o Avid Plus, um sucessor direto do Avid 4G que chegará no dia 20 de janeiro para as operadoras estadunidenses T-Mobile e MetroPCS por US$ 115 (em torno de R$ 460). Voltado para usuários mais casuais, o dispositivo vem com uma tela de 5 polegadas com resolução de 854x480 pixels, além de um processador de 1,1 GHz da Qualcomm, 1 GB de memória RAM, 32 Gb de armazenamento expansível, 2.300 mAh de bateria e Android 5.1.

Você decide

Além dos dois novos smartphones, a ZTE também anunciou a criação de um fórum orientado pelos usuários, a chamada Z-Community. A novidade foi idealizada como uma forma de delimitar o futuro da companhia chinesa com relação a seus dispositivos e serviços por meio das opiniões dos fãs, começando por um aparelho móvel chamado de Project CSX, que será revelado ainda em 2016.

Segundo Lixin Cheng, o CEO e presidente da ZTE USA, a entrega da série de smartphones de ponta Axon em 2015 provou que a empresa mantém o foco nos consumidores em tudo o que desenvolve e constrói. Além de ajudar dando feedback sobre aparelhos futuros, os membros do fórum também ganharão acesso exclusivo a eventos, recompensas, atualizações mais rápidas e até mesmo produtos da fabricante chinesa.

“Nós trabalhamos duro, persistimos e lutamos pela grandiosidade de acordo com a definição de consumidores e usuários. Em 2016, estamos levando essa abordagem para um novo patamar e vamos observar a Z-Community para mais do que melhorar o que a ZTE já fez, mas descobrir como vamos desenvolver produtos e serviços daqui em diante”, concluiu. 

O que você achou das novidades da ZTE na CES 2016? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: