Ex-chefe da divisão Android da Google e considerado o "pai" do sistema operacional móvel e seus smartphones, o executivo Andy Rubin pode voltar ao segmento em breve.

Segundo o site The Information, ele estaria pensando em voltar para os negócios envolvendo celulares depois de um afastamento de mais de dois anos. Rubin até já teria iniciado a contratação de funcionários para ajudá-lo na construção de uma nova fabricante, que seria financiada por um fundo que pertence a ele mesmo e auxilia no desenvolimento de startups.

Por enquanto, não se sabe qual será o cargo de Rubin na tal empresa (somente investidor ou um executivo ativo?). Atualmente, além de cuidar do tal fundo de financiamentos, ele chegou a se envolver com empresas de realidade virtual e Internet das Coisas. Antes de deixar a Google de vez, ele chegou a chefiar a divisão de robótica de lá.

O que fica é a curiosidade sobre o potencial desse projeto: os conhecimentos de Rubin sobre a área são incontáveis, mas será que ele consegue se diferenciar das gigantes no já poluído mercado? Se sim, o que ele pode trazer de novo para a indústria? Fique de olho no TecMundo para mais novidades e, quem sabe, uma boa notícia sobre os novos rumos do pai do Android.

O que esperar de uma empresa de celulares chefiada pelo "pai do Android"? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: