Se você gostou dos dois primeiros YotaPhones, os smartphones russos com duas telas, vai ficar feliz em saber que uma terceira versão está para chegar no ano que vem. A novidade é que a Yota deve se unir à empresa chinesa ZTE para fabricar o novo dispositivo, entre outras companhias que podem entrar na parceria.

Não sabemos praticamente nenhuma informação importante sobre o YotaPhone 3, apenas que ele vai continuar com suas famosas duas telas: uma principal na parte frontal e uma de e-ink na parte traseira. O preço do smartphone russo ainda não é exato, mas especula-se girar em torno dos US$ 550, cerca de R$ 2,1 mil.

"Tentar dominar o mundo..."

O CEO da Yota, Vlad Martynov, tem grandes planos para seu produto. Ele pretende atingir a quantidade de 1 milhão de unidades vendidas por ano com o YotaPhone 3. Caso isso se torne realidade, é provável que pelo menos metade desse valor seja comercializada com a China. Espera-se que também que, ao contrário do YotaPhone 2, que teve seu lançamento cancelado nos Estados Unidos, a terceira versão do dispositivo possa entrar com tudo no mercado ocidental.

Você acha que o recurso de duas telas em um smartphone é um diferencial considerável? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: