A partir deste mês, o governo da Coreia do Sul começará a rastrear os smartphones de milhares de cidadãos no país – mas, acredite ou não, parece ser por uma boa causa. Os sul-coreanos estão sofrendo horrores com uma preocupante epidemia da síndrome respiratória do Oriente Médio (conhecida pela sigla MERS), uma doença altamente contagiosa e que pode levar à morte.

Pacientes diagnosticados com a moléstia precisam permanecer isolados para impedir a contaminação de indivíduos sadios, mas não são raros os casos de pessoas que desobedecem essa importante ordem médica. Alguns fogem dos centros de isolamento governamentais, enquanto outros não aguentam permanecer na própria casa e acabam levando o vírus para terceiros.

Sendo assim, as autoridades resolveram rastrear o telefone celular dos cidadãos diagnosticados com MERS, sabendo de imediato caso algum deles saia de seu confinamento sem a devida autorização. Na última sexta-feira (5), foi confirmada a quinta morte causada pela doença no país; estima-se que cerca de 2,3 mil pessoas estão sob quarentena por suspeita de carregarem o vírus. 

Cupons de desconto TecMundo: