O iPhone 6 e o 6 Plus vêm dominando o mercado internacional de smartphones desde o seu lançamento, tomando recordes para si e solidificando o sucesso a Apple no que diz respeito a celulares inteligentes. No entanto, a situação pode não continuar tão boa para a Maçã por muito tempo, já que analistas acreditam que as vendas de ambos os modelos devem sofrer um baque com a vinda das novidades de ponta da Samsung, o Galaxy S6 e o S6 Edge.

O novo top de linha da fabricante coreana, revelado no início de março, pode se tornar uma das principais ameaças à supremacia da Apple no mercado e é previsto como uma das maiores variáveis que podem afetar as vendas dos iPhones mais recentes. Enquanto essa hora não chega, no entanto, os especialistas acreditam que a onda de compras do aparelho da Maçã deve continuar.

Segundo analistas de empresas como Barclays e Morgan Stanley, a expectativa é que 54 milhões de iPhones sejam adquiridos ao longo do primeiro trimestre de 2015. Já a companhia financeira suíça UBS espera que 58 milhões de celulares da Apple sejam comercializados no mesmo período.

Confronto mítico

“No momento em que a Samsung Electronics começa a recuperar sua confiança por meio do Galaxy S6, essa tendência crescente dos iPhones será uma grande fardo [para a coreana]”, disse um membro da indústria para o Business Korea. Com lançamento previsto para o dia 10 de abril, ainda teremos que aguardar alguns meses até o surgimento de dados de mercado dos tops de linha Android.

Cupons de desconto TecMundo: