O Japão sempre foi uma cultura vanguardista que parece estar à frente do resto do mundo especialmente quando o assunto é tecnologia. Ainda assim, os japoneses não parecem estar dispostos a abandonar tão cedo os celulares com flip. O que era moda no começo da década de 2000 praticamente não existe mais em nenhum outro lugar do mundo com tanta força como no Japão, onde as vendas de aparelhos desse tipo cresceram 5,7% em 2014.

Foram cerca de 10,5 milhões de “celulares simples” vendidos no Japão nesse período, sendo a maioria de aparelhos com flip. Enquanto isso, as vendas de smartphones tradicionais têm caído por lá. Em 2014, o mercado encolheu 5,3%, entregando cerca de 27,7 milhões de dispositivos.

Hideaki Yokota da MM Research conversou com a Reuters sobre esse momento peculiar do mercado japonês e explicou que 2014 foi atípico para os aparelhos mais básicos. “Smartphones estão atingindo seus picos de funcionalidades e tendem a durar mais tempo com o usuário, por isso há menos trocas”, disse Yokota sobre o encolhimento das vendas de aparelhos inteligentes.

Sharp

Por conta desse bom momento dos flip-phones, a Sharp está indo muito bem por lá com seus lançamentos avançados para a categoria. Recentemente, a empresa apresentou o Aquos K SHF31, um aparelho com flip que tem teclas tradicionais que podem sentir os movimentos dos dedos do usuário como se fossem uma touchscreen. Isso não é exatamente uma novidade, uma vez que aparelhos BlackBerry já possuem esse tipo de função há algum tempo, mas parece que a companhia japonesa acertou com esse lançamento.

O Aquos K SHF31 tem uma tela de 3,4’’ (540x960), um processador Snapdragon 400 quad-core, 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento. Ele roda uma versão adaptada do Android KitKat e consegue fazer praticamente todo tipo de tarefa mais básica de aparelhos tradicionais que rodam o SO do robô.

Outro indício de que os japoneses estão mudando seus hábitos em relação aos smartphones e celulares é o fato de Panasonic e NEC estarem desistindo do mercado dos aparelhos inteligentes para se concentrarem nos modelos com flip e outros mais básicos. Samsung e LG também costumam lançar de vez em quando modelos com flip no Japão para marcar presença, mas os mercados sul-coreano e chinês também ainda curtem essa moda antiga dos flip-phones.

Cupons de desconto TecMundo: