Antes de os smartphones dominarem o mercado da tecnologia, só existiam celulares que apenas efetuavam e recebiam ligações e mensagens de texto (além de reproduzir Snake, o "jogo da cobrinha"). A Ericsson e a Nokia eram duas das maiores fabricantes dessa indústria na década de 1990, quando os visores não eram coloridos e muitos menos sensíveis ao toque — e agora, tantos anos depois, é divertido imaginar como seria se a história fosse um pouco diferente.

O site CURVED/labs criou dois conceitos que só existiriam em um universo paralelo da tecnologia. Ele pegou dois celulares clássicos, o Nokia 3310 e o Ericsson T28, e reimaginou ambos equipados com sistemas operacionais móveis da atualidade, o Windows Phone e o Android, respectivamente. Confira o trabalho na galeria abaixo (que conta com algumas imagens de um iPhone só por motivos comparativos):

O modelo da Ericsson, que tem flip e já é bem datado, fica com um visual esquisito com Android. Note os ícones monocromáticos e o ângulo bizarro do display — que realmente era assim, já que metade do painel frontal era ocupado por um teclado numérico físico. Quando a capa é fechada, a parte do display que sobra exibe horas e o status da bateria. Há uma câmera frontal para selfies, lógico.

No caso do Nokia, foram feitos dois conceitos. O primeiro segue a linha do anterior, com as tiles em preto e branco, tentando aproveitar o máximo do espaço curvo da tela do celular. Porém, o que mais agrada é mesmo o modelo no estilo Lumia, com uma carcaça de cores mais fortes e tela colorida — ele tem até o sensor de câmera PureView! E aí, você compraria algum desses "smartphones"?

Cupons de desconto TecMundo: