Você provavelmente já passou pela situação de comprar um celular novo e não saber o que fazer com o anterior, não é mesmo? Com o recente anúncio do iPhone 6, é bem provável que a revenda de aparelhos cresça no país, ainda mais em um mercado que comercializou 35,6 milhões de smartphones em 2013, segundo os últimos dados do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor .

Nessa perspectiva, a reutilização de aparelhos é uma saída interessante para aproveitar e lucrar um pouco mais com os modelos já usados. No Reino Unido, o “recomércio” de aparelhos é alto, chegando a trazer de volta ao mercado cerca de 50% dos celulares antigos — um dado que aponta cerca de 22 milhões de smartphones ainda ativos no país.

Lembrando que o Brasil apresentou um crescimento de 123% de vendas de celulares comparado ao ano anterior, é notável que o potencial de revendas seja representativo por aqui. "Se somente 1% dos aparelhos voltarem ao comércio pelas plataformas como a Ziggo, isso corresponde a mais de 300 mil aparelhos", projeta Guilherme Macedo, sócio-fundador da startup curitibana de compra e venda de celulares usados.

Segundo os últimos levantamentos da Samsung, os brasileiros trocam de smartphone a cada 16 meses. A plataforma criada por Macedo é uma das oportunidades que os brasileiros encontram para colocar à venda seus aparelhos usados entre essas trocas tão frequentes, inclusive os danificados. Seja em conversas com amigos ou nos grupos de venda, talvez você perceba essa troca constante de aparelhos, não é mesmo?

Cupons de desconto TecMundo: