(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Passado o período tradicional de especulações e teasers, eis que a Oppo finalmente revela oficialmente seu novo smartphone parrudo movido a Android. Logo de cara vale descartar um dos principais hypes associados ao modelo: não, ele não possui um sensor de 50 megapixels integrado.

Mas isso não quer dizer que ele não possa, de fato, gerar imagens com a referida resolução. Conforme revelou o site engadget, as imagens registradas por um sensor Sony IMX214 CMOS de 13 megapixels são posteriormente tratadas pelo software Pure Image 2.0, o que torna possível os 50 megapixels — resolução realmente impressionante para um smartphone, vale dizer.

(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Basicamente, a câmera do Find 7 registra rapidamente 10 imagens consecutivas, entre as quais escolhe as quatro melhores para compor o registro final. Ademais, a câmera central do gadget também é capaz de gravar vídeos com qualidade 4K (densidade de pixels quatro vezes maior do que a do padrão Full HD).

Snapdragon 801 e tela QHD

As especificações do Find 7, de fato, não fazem feio. Trata-se de um LCD IPS de 5,5 polegadas com resolução QHD (2560x1440) e densidade de 538 pixels por polegada (ppi).

Há também um processador quad-core Snapdragon 801 de 2,5 GHz, da Qualcomm, 3 GB de memória RAM, 32 GB de armazenamento interno, suporte para micro SD com limite de 128 GB, câmera frontal com 5 megapixels, LTE, WiFi ac e bateria de 3.000 mAh. Já o sistema operacional é um Color OS 1.2, baseado no Android 4.3 Jelly Bean.

(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Outra tecnologia bastante interessante do Oppo Find 7 é a VOOC. O carregamento rápido completa 75% da carga da bateria do aparelho em apenas meia hora. Enquanto isso, os sistemas Dirac HD e MaxxAudio garantem a qualidade sonora do gadget — que também chama a atenção externamente, com cinco camadas de proteção térmica e estrutura forjada em liga de alumínio e titânio.

Uma versão mais modesta

O preço do Find 7 não é propriamente acessível a todos os bolsos, é verdade. Afinal, o aparelho sai do forno com o valor bastante salgado de US$ 599 (cerca de R$ 1,4 mil, descontados os impostos). Entretanto, o smartphone tem também um irmão menor, um tanto mais acessível.

Por US$ 499 (aproximadamente R$ 1,2 mil, sem impostos) é possível levar para casa o Find 7a (ou Find 7 Lite). Nesse caso, o que vem sob o capô elegante do aparelho é um Qualcomm Snapdragon de 2,3 GHz, um display de 1080p, 16 GB de armazenamento e uma bateria de 2.800 mAh.

(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Ambos os modelos (Premium e Lite) devem ganhar distribuição limitada a partir de abril, devendo chegar aos grandes mercados entre maio e junho deste ano.

Especificações técnicas (versão Premium):

  • Tela: 5,5 polegadas
  • Resolução: QHD (2560 x 1440), com densidade de 538 pixels por polegada (ppi)
  • Processador: quad-core Qualcomm Snapdragon 801 de 2,5 GHz
  • Memória: 3 GB de RAM
  • Armazenamento: 32 GB (expansível até 128 GB, via micro SD)
  • Sistema operacional: Color OS 1.2 (baseado no Android 4.3 Jelly Bean)
  • Câmera traseira: sensor Sony IMX214 CMOS de 13 megapixels (até 50 megapixels por meio do software Pure Image 2.0); grava vídeos em resolução 4K a 30 fps (quadros por segundo)
  • Câmera frontal: 5 megapixels
  • Conectividade: LTE e WiFi ac
  • Bateria: 3000 mAh (com tecnologia VOOC)

Especificações técnicas (versão Lite):

  • Tela: 5,5 polegadas
  • Resolução: Full HD (1080p)
  • Processador: quad-core Qualcomm Snapdragon 801 de 2,3 GHz
  • Memória: 3 GB de RAM
  • Armazenamento: 16 GB (expansível até 128 GB, via micro SD)
  • Sistema operacional: Color OS 1.2 (baseado no Android 4.3 Jelly Bean)
  • Câmera traseira: sensor Sony IMX214 CMOS de 13 megapixels (até 50 megapixels por meio do software Pure Image 2.0)
  • Câmera frontal: 5 megapixels
  • Conectividade: LTE e WiFi ac
  • Bateria: 2.800 mAh (com tecnologia VOOC)

Cupons de desconto TecMundo: