(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Demorou, mas o aguardado smartphone chinês Oppo N1 foi finalmente revelado – e cheio de surpresas. O aparelho, que foca bastante na câmera digital e tem medidas similares às do Galaxy Note 3, teve detalhes revelados em um evento especial depois de várias pistas sobre a sua existência.

Além da colaboração do CyanogenMod, que virá instalado em um aparelho pela primeira vez, o sistema operacional usado pode ser o ColorOS. Trata-se de uma versão própria do Android que conta com novidades como novos temas de previsão do tempo e painéis de criação de atalhos para ativar certos aplicativos. O consumidor pode escolher qual usar entre os dois.

O smartphone ainda possui um sistema de toque personalizado, o O-Touch. Dependendo do gesto que você faz na tela sensível a toque (toque duplo, deslize ou pressionadas mais longas), o aparelho toca uma música, busca algo na internet ou faz outra ação personalizável.

O poder está na câmera

(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo)

Mas o destaque vai mesmo para a fotografia, especialidade da fabricante. A câmera gira sobre o próprio eixo em até 206° – ou seja, a mesma lente serve como máquina frontal e traseira. O design e os componentes são exclusivos, feitos em parceria com a Fujitsu — trata-se do primeiro Android a contar com um conjunto de seis lentes embutidas. Acessórios especiais que serão vendidos separadamente ampliarão ainda mais a potência do dispositivo.

Confira as especificações do aparelho:

  • Tela IPS Full HD de 5,9"
  • Processador quad-core Snapdragon APQ8064 de 1,7 GHz
  • 2 GB de memória RAM
  • Armazenamento interno de 16 GB ou 32 GB
  • GPU Adreno320
  • Câmera de 13 MP com f/2.0
  • Bateria de 3.610 mAh
  • Medidas: 17 x 8,2 x 0,9 cm
  • Peso: 213 gramas

O Oppo N1 estará disponível por US$ 570 na versão tradicional, com 16 GB ou 32 GB. Ele já está em pré-venda na China e deve ser comercializado normalmente a partir de outubro deste ano.

Cupons de desconto TecMundo: