70% dos pais entrevistados afirmaram que os dispositivos móveis estão os aproximando mais de seus filhos

Se você acha que aquele parente que tem o hábito de ficar com a cara enfiada no celular o tempo todo, até nas reuniões de família, é uma ameaça para a estrutura familiar e para o bom relacionamento entre irmãos, primos, tios, pais e muito mais, talvez você esteja errado.

Segundo uma pesquisa feita pela ORC Caravan para a operadora norte-americana de telefonia móvel T-Mobile, dispositivos mobile unem mais as pessoas de uma família em vez de distanciá-las, especialmente nos casos do relacionamento entre pais e filhos, um dos mais afetados pelo uso dos smartphones. Para a surpresa de todos, porém, 70% dos pais entrevistados afirmaram que os dispositivos móveis estão os aproximando mais de seus filhos.

Mais longe, mas mais perto

De acordo com quem respondeu positivamente à pesquisa sobre o uso dos celulares, os dispositivos ajudam a manter o contato mais próximo de seus filhos e outros parentes, mesmo que não necessariamente de maneira física, mas sim virtual. Com os smartphones é muito mais fácil estar em contato com a vida de seus parentes (por bem ou por mal), o que acabou sendo visto como algo bom pelos entrevistados.

A rede mais popular é o Facebook, citado por mais da metade dos entrevistados, 54%

Além disso, cerca de 48% dos questionados afirmaram que gostam de manter esse contato com os familiares por meio de aplicativos de comunicação ou de redes sociais. Entre elas, a mais popular é o Facebook, citado por mais da metade dos entrevistados, 54%.

Outras redes sociais bastante usadas por pais para ficarem mais ligados aos seus filhos são o Snapchat e o Instagram

“Você sabe que este pai ama seu smartphone! E minhas coisas favoritas são todas as selfies, mensagens de grupo malucos, todas as mensagens diretas, Facetimes e histórias do Snapchat com minhas filhas", disse John Legere, presidente e CEO da T-Mobile. "E agora sabemos que a maioria das mães e pais se sentem da mesma maneira. As famílias hoje estão conectadas por meio dos dispositivos móveis."

Outras redes sociais bastante usadas por pais para ficarem mais ligados aos seus filhos são o Snapchat, mencionado por 23% dos entrevistados, e o Instagram, citado por 22%. Entre quem mais consome dados de internet na família, considerando quem usa um pacote familiar, 51% são os filhos, 40% os pais e 9% outros parentes menos próximos, como avós e tios.

Cupons de desconto TecMundo: