O mundo não é mais o mesmo de antigamente. A tecnologia trouxe mudanças superprofundas para o dia a dia da sociedade, que acabou se tornando cada vez mais dependente dos confortos e das facilidades proporcionados por dispositivos de diversas naturezas.

Durante o século 20 vimos a ascensão dos veículos motorizados, do rádio, da TV, e mais recentemente, na virada para o século XXI, a popularização dos computadores pessoais, o surgimento da internet doméstica, a propagação dos telefones celulares e, finalmente, o advento do smartphone.

Porém, como sempre acontece com todo tipo de tecnologia, não é todo mundo que a adota para valer. Apesar da grande maioria das pessoas estar cada vez mais conectada o tempo todo através do uso dos smartphones, muita gente ainda prefere o bom e velho “feature phone”, aqueles celulares mais antigos, que só servem para fazer chamadas telefônicas, trocar SMS e, talvez, acessar de alguma maneira bem precária algum conteúdo de internet.

Homem (feliz) utilizando um celular antigo

Mas... Por quê?

São diversos os motivos para pessoas de todos os tipos optarem pelo celular antigo no lugar dos moderníssimos smartphones. Seja pelo apreço com dispositivos mais antigos, por não quererem estar conectados o tempo todo, por não terem se dado bem ao lidar com essa tecnologia mais avançada ou simplesmente por gosto e pronto, muita gente preferiu usar um aparelho mais simples e, assim, aproveitar um pouco mais do mundo real.

Não são só os seus pais ou avós que ainda usam os antigos celulares com flip

Vale lembrar que estamos falando aqui de pessoas jovens e não de gente mais velha que acaba normalmente tendo uma maior dificuldade para lidar com tecnologias modernas demais. Ou seja: não são só os seus pais ou avós (dependendo de qual geração você faz parte) que ainda usam os antigos celulares com flip, de telas monocromáticas e que para passar o tempo só tinham games como o saudoso jogo da cobrinha.

Maneirando no trabalho

Muitas pessoas dependem do smartphone para realizarem suas atividades profissionais e a posse de um desses dispositivos pode significar uma certa confusão entre sua vida pessoal e profissional. Assim, possuir um telefone apenas com recursos básicos pode ajudar bastante a separar as coisas, o que certamente é benéfico tanto para seu descanso quanto para seu trabalho.

Seu feature phone permite que tenha uma vida “normal” fora do horário de trabalho, sendo possível desligar-se dele completamente por um período todo dia

É o caso de grandes nomes dos negócios, como Stephen A. Schwarzman, CEO da empresa multinacional de investimentos The Blackstone Group; Warren Buffet, presidente da Berkshire Hathaway; Anna Wintour, editora da publicação Vogue e Danny Groner, gerente da agência fotográfica multibilionária Shutterstock.

Groner afirma com convicção que não precisa de um smartphone após as 13 ou 14 horas de trabalho diante de uma tela de computador. Seu feature phone permite que tenha uma vida “normal” fora do horário de trabalho, sendo possível desligar-se dele completamente por um período todo dia.

Anna Wintour, editora da publicação Vogue, usando seu feature phone

Ele compreende, é claro, que nem todo mundo tem essa possibilidade e que se certos profissionais fizessem a mesma coisa, muitas coisas parariam de funcionar. Ainda assim, no caso dele e de muitas outras pessoas, ter essa folga de toda a conectividade proporcionada pelos smartphones o torna um profissional melhor, mais descansado, mais focado e com maior qualidade de vida.

Entendendo a nossa cabeça

A dra. Holly Parker, psicóloga formada na Universidade de Harvard, confirma os benefícios em ficar offline fora do trabalho. Segundo seus estudos, que analisou a influência da TV e de laptops nas pessoas, de todos os dispositivos que podem prejudicar o desempenho de um funcionário, o smartphone está em primeiro lugar.

A dra. Parker, inclusive, sugere que as companhias podem se beneficiar com maior produtividade se seus colaboradores quando eles mantêm o hábito de ter um tempo livre e tranquilo para se recuperar do dia de trabalho.

Mensagem de texto em um celular antigo

Uma escolha difícil

Entre as pessoas que optam pelo uso dos telefones celulares mais antigos há aquelas que preferem não se impor a difícil escolha de simplesmente se manter desconectadas mesmo portanto um smartphone e usá-lo apenas quando necessário. Algumas delas se forçam a não cair nas garras da tecnologia moderna e acabarem se tornando dependentes demais de tudo isso.

Se adotar um telefone dos mais antigos pode ser uma demonstração de autocontrole, maneirar no uso de um smartphone é tão louvável quanto

Para o advogado e especialista em ética da tecnologia David Ryan Polgar, talvez essa atitude seja um pouco. Segundo ele, tanto uma pessoa aficionada por tecnologia usando um feature phone quanto uma pessoa que possui um smartphone e opta por não utilizá-lo o tempo todo estão estimulando sua liberdade.

É claro que ambas as situações exigem uma disciplina que é muito mais fácil falar do que fazer. Se adotar um telefone dos mais antigos pode ser uma demonstração de autocontrole, maneirar no uso de um smartphone é tão louvável quanto.

Feature phone em ação

Uma nova vida

Independentemente de qual dessas opções seria melhor para você, é consenso que o uso exagerado de smartphones e outros dispositivos tecnológicos pode tirar um pouco da nossa liberdade e fazer com que aproveitemos menos a tal da “vida real”. O segredo é utilizar tudo isso com sabedoria, visto que o principal objetivo de gadgets e outros aparelhos do tipo é facilitar nossa vida, e não a transformar em uma eterna luta contra o futuro.

O segredo é utilizar tudo isso com sabedoria, visto que o principal objetivo de gadgets e outros aparelhos do tipo é facilitar nossa vida

Para algumas pessoas, a paz só foi possível com a adoção de um feature phone, que pode ser usado em emergências e para se conectar com outros, mas não as deixam 24 horas por dia ligadas em tudo que está acontecendo no mundo através da internet. Outros, já são mais capazes de lidar com uso do smartphone sem abuso. E tem os que já se entregaram e acabam perdendo um pouco do foco no mundo real.

Na pior das hipóteses, você pode adotar um antigo celular e aproveitar todos os benefícios que eles trazem, como:

  • Maior duração de bateria
  • Design mais resistente
  • Mais difícil de quebrar em quedas
  • Geralmente, feature phones são menores que smartphones
  • Celulares antigos não realizam chamadas sozinhos, como smartphones que se destravam sozinhos no bolso
  • Design mais apropriado para realizar ligações telefônicas
  • Você pode relaxar sem se preocupar com uma tonelada de notificações
  • E claro, poder desligar uma chamada fechando o flip do celular (essa é insubstituível!)

Você toparia voltar a utilizar um feature phone depois de ter se acostumado com os smartphones? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: